RECADO PARA VOCÊ QUE NÃO DEU VALOR


Rapaz, eu poderia te contar toda a minha vida se você me convidasse para sentar num bar, para conversar sobre você, o que espera da vida, como foi seu passado e olhasse nos meus olhos para eu poder te contar tudo que eu penso e o que eu já passei. Se quiser uma amiga para desabafar, eu posso ser mais que isso. Mas você atropelou tudo, passou por cima dos meus sentimentos, não me deu a chance de te mostrar o meu interior.  Infelizmente adiou encontros que poderiam ser mais saudáveis do que essas aparições com grandes intervalos.

Você deve estar acostumado com essa bagunça. Só que você está confundindo as coisas, a minha bagunça não é igual a sua. Passaram por aqui recentemente, espalharam tudo que eu tinha demorado anos para colocar no lugar. Depois, não se contentando, jogaram meus sentimentos para o alto e me deixaram sozinha no escuro. Sofri muito cara, embora não pareça. É que ao contrário de muita gente, eu não me permito chegar ao fundo do poço. Sofri o necessário para aprender que amor de verdade é só o próprio.

Você deve me achar maluca, sempre me diz “se cuida” quando vai embora no outro dia de manhã. Ahhh, mas você não sabe nem um terço do quanto me cuido, do quanto eu engano e de quantas vezes eu já me controlei para não repetir os mesmos erros. Infelizmente não é sempre que isso funciona, mas essa é a melhor parte, se divertir com os próprios erros.  Aprendi isso me aceitando e aprendi mais ainda que certos erros nos levam para os melhores caminhos.

Rapaz, se você não sabe fique sabendo, homem rodado também é feio. Mulheres quando se juntam são piores que roda de homens no bar depois do trabalho. Me avisaram sobre você, me disseram que você não valia nada. Só acreditei de verdade quando pisou consecutivas vezes nos meus sentimentos. Quando percebi a sua falta de respeito ao vir me procurar. Mas você já deve ter percebido que nas mensagens você anda falando sozinho. É que uma hora a diversão perde a graça, a razão fala mais alto e a cabeça muda de ideia. Já não sou mais a mesma da última vez que estivemos juntos, talvez não pra você. Pessoas melhores aparecem e nos fazem enxergar que algumas pessoas não valem a pena.

Você nem deve estar percebendo, mas estou indo embora. Eu espero que um dia você acorde e se lembre do calor que eu te fazia sentir. Sei que você deve ter vários contatos em sua agenda, os quais você seleciona todo final de semana, mas saiba que eu não vou mais fazer parte desse seu cardápio. E por favor, faça como eu fiz, apague meu número e não me procure mais. Assim você não corre o risco de ficar no vácuo de novo.

Mas cara, saiba que foi bom. Que não me arrependo de nada. Que eu lembro e dou risada. Aprendi que mesmo solteiros, o que realmente importa é alguém que me assuma do começo até o fim da balada. E se você estiver lendo esse texto espero que aprenda, que se coloque no lugar da sua mãe e da sua filha e saiba que mulher nenhuma merece ser desrespeitada. 

Maíra Cintra

3 comentários:

Occhi di bambino disse...

A crise que vivemos hoje, e que sempre vivemos, mas hoje vivemos mais do que nunca, é a crise de caráter, a crise do compromisso da imagem passada com a realidade do ser que acaba fluindo quando já não se quer disfarçar o que não se é. Belíssimo texto! Abraçossssssssssssss

Occhi di bambino disse...

Seguindo.

Motivando disse...

Amei Maíra, parabens