Sem parágrafos.


Eu não me envolvo fácil. São poucos com quem me identifico. Prefiro a solidão do que estar acompanhada de pessoas vazias. Me preencho de mim mesma. Não tropeço em ninguém. Não gosto de incomodar. Passo longe de gente sem alma. Não caio em ciladas. Já escutei muitas desculpas. Já decorei muitas falas. Sei de cor o que as pessoas vão dizer. Posso te conhecer só com um olhar. Se não sei, procuro adivinhar. Quem realmente te quer fica do seu lado e quem não quer aceita ser abandonado. Falo a verdade, mas já contei mentiras. Admito, não sou fácil. Dificulto algumas coisas. Facilito simpatias. Gosto de gente que me arranca sorrisos em dias tristes. Gosto de gente que liga do nada e aparece sem hora marcada. 

Não me pergunte o que eu tenho quando estou prestes a chorar, dependendo da situação pode até piorar. São poucas as pessoas com quem posso contar. Não tenho reservas. Não gosto de segundas opções. Nem meias, nem metades. Comigo é tudo ou nada. É quente ou o frio. O morno não lava a minha alma e metades não completam os meus dias. Gosto de delicadezas. Olho no olho. Cara a cara e mãos dadas. 

Parar só se for para respirar. Sei bem onde piso. Algum passo alheio em falso descarto a possibilidade de continuar. Não uso meu limite nas palavras. Uso sempre meu silêncio quando me sinto incomodada. Defeitos eu carrego muitos. Minha personalidade me define. Sou desconfiada. Poucos ganham a minha confiança e quem perdeu até hoje não conseguiu achar. Posso até ser simpática com você, mas não sou muito generosa. Sei exatamente o que devo fazer. Faço errado por ser teimosa. Se for para terminar que seja com ponto final. Se for para começar, não uso parágrafo. Escrevo outra história.

Maíra Cintra

9 comentários:

Marjory Fabiany disse...

Perfeitooooo Maíra. Tu arrasa sua linda.

Débora disse...

Perfeito. Me descreve!

Mychele Magalhães Velloso disse...

tão profundo e tão real, muito lindo esse texto Maíra... parabéns... que nunca te falte inspiração, pois seus textos são realmente encantadores... beijos!!!

Wérika Weryanne disse...

Olá, Maíra!!

Identifiquei-me com o texto... Muitoo bom!!

A propósito, estou te seguindo... gosteei demaais do seu blog.

Raíssa França disse...

Lindo texto! Meus parabéns.

;*

Maiani Lopez disse...

Meu Deus!!!O que foi isso!Li sem nem ao menos respirar!
Lindo demais!!!

Edson Junior disse...

muito bom

Ygo Maia disse...

Texto tocante...

Existem pessoas que nos fazem sorrir nos dias mais tristes. Essas sim merecem o nosso carinho, a nossa atenção. CHEGA DE SOFRER POR QUEM NÃO MERECE!

Precisamos ser autores da nossa história, portanto nós quem devemos definir o momento certo de iniciar um novo parágrafo, ou simplesmente colocar um ponto e seguir adiante...

Beijos!!

http://ymaia.blogspot.com.br/

Anônimo disse...

E no um dia q eu estava c auto-estima baixa m apareceu sem querer esse blog espetacular coisas d destino