A palavra é: Inesperada


Hoje vou falar sobre mim e sobre todos os motivos que me fizeram ser quem eu sou hoje. Sim, porque nos tornamos quem somos pelos acontecimentos, pelos nossos próprios erros e acertos, por tudo aquilo que esperamos e o que não esperamos acontecer e mesmo assim acontece. Sou uma pessoa com atitudes inesperadas, talvez porque nasci em uma hora inesperada ou por eu não saber esperar nada de ninguém. Já sofri com atitudes de algumas pessoas, já sofri com as minhas próprias atitudes. Já achei que estava tudo acabado, mas estava apenas começando. Já quis me esconder na hora em que eu mais precisava mostrar, já quis mostrar na hora em que eu mais precisava esconder. Já fui boa quando eu precisava ser má, já fui má quando eu precisava ser boa. Já parti quando eu precisava ficar, já fiquei quando eu precisava partir. Já me abandonaram quando eu mais precisei, mas nunca abandonei quem mais precisou de mim. Sempre tive meus motivos, não é à toa que eu tomo uma decisão drástica. Sim, já fui muito boba, muito quieta, já fui passada pra trás, hoje procuro estar sempre na frente, porque aprendi a me colocar sempre em primeiro lugar. Resolvi mudar não por escolha própria, mas porque a vida mandou, e quando a vida manda a gente tem que obedecê-la.

Maíra Cintra

10 comentários:

C.Q.C.M. disse...

Acho que o descreveu aí pode ser aplicado para as pessoas em geral, exceto o fato de nunca abandonar alguém que precisa de você, algumas pessoas abandonam sim e têm consciência, outras abandonam sem ter ideia, como você mesma disse "aprendi a me colocar sempre em primeiro lugar", as pessoas se colocam em primeiro lugar e inevitavelmente alguém sai ferido.

Artes e escritas disse...

O meio sócio-cultural faz com que nos modifiquemos, ou, não. Uma reflexão pessoal para pensar. Um abraço, Yayá.

Ana Flávia Sousa disse...

A vida manda! A gente obedece.
Prazer Maíra! Palavras fortes as suas! Já estou adorando aqui. rs

Yohana Sanfer disse...

Texto lindo...como todos os seus que já li! Parabéns, Maíra!

Suu Munizz disse...

Nossa,me vi nesse post.
Nossa já fui muito boba,já fui passada pra trás por quem amava,já sofri pra caramba e resolvi me amar em primeiro lugar e hoje as coisas estão bem melhores.
Abraço Maíra,=)

Nandãa disse...

Boas palavras você escreve muito bem...
Seguindo aqui, parabéns pelo blog.
Se puder dá uma olhadinha lá e segue de volta ;)

http://enquantoissoocafesfria.blogspot.com/

Bruna disse...

Conhecendo o blog agora, mas amei o seus textos! São todos perfeitos *-*
Seguindo <3 Sempre que der venho comentar aqui rsrs.
otima semana p vc fofa :)
ahh, segue dvlt?

Bjs e fica com Deus.
bnascimentooo.net.tc

Jade Amorim disse...

É o que acontece e deixa de acontecer na nossa vida que nos molda. Tudo que já fizemos ao contrário, fizemos demais ou nos esquecemos fazem parte de nós!

Amei o post, amei o blog. Lindo demais aqui!

Beijos.

Karine Tavares disse...

Parabéns, Maíra!Seu blog é lindo! Vem conhecer o meu e opina, please:

www.leiakarine.blogspot.com

iasmim Barcelos disse...

Definitivamente me vi nesse texto és incrivel ....