Ansiedade

Tinha mãos e os olhos inquietos. Suava frio quando ficava nervosa. A ansiedade lhe tomava conta em todos os momentos. Mordia o canto da boca, uma de suas manias que acompanhava desde a infância. Estralava os dedos com frequência, mexia os pés incansavelmente. Não conseguia se concentrar, era péssima em matemática, por isso adorava palavras, frases feitas, sentimentos escritos. Era ótima em escrever o que não conseguia dizer. Era impossível fixar os olhos em um lugar, permanecer no lugar. Tinha sede de mudanças, de pessoas diferentes, de lugares diferentes, de músicas, de livros, de sorrisos. Mas eram sempre as mesmas coisas, nada acontecia. Tentava se libertar de alguma forma, de alguns sentimentos que a corroíam por dentro, de tudo que a deixava intacta. Enviava sinais de ajuda, pedidos de socorro. Mas ninguém a escutava. Nem mesmo as pessoas a sua volta. Mesmo assim ela sempre foi maior do que qualquer pensamento negativo. Sempre procurou preencher o vazio que sentia. E todos os dias antes de dormir ela olhava pra cima e dizia: 'Meu Deus, dai-me forças para seguir em frente. Faça por mim aquilo que não posso fazer por mim mesma.'

Maíra Cintra

11 comentários:

ღ Sensitivity ღ disse...

"Meu Deus, dai-me forças para seguir em frente. Faça por mim aquilo que não posso fazer por mim mesma." Que assim seja.

Eu sofro com essa palavrinha, por isso me apego muito com a minha fé.

Beijinhos estalados.

Anthony Dostoiévski disse...

A incerteza de futuro para esses que tem a "maldição" das palavras é sempre motivo para morder o canto da boca e pedir aos céus que tudo dê certo e que a gente tenha força de sair por ai...além das palavras.

Braço e bom texto
http://acasaeorestodarua.blogspot.com/

Ana Ferreira disse...

Olá, Maíra. Como vai?
Que as esperanças dessa moça e de todas nós nunca se acabem.
Não trata-se apenas de olhar para cima e pedir aos céus por mudanças, mas de correr atrás, de ser obstinada e ter força de vontade. Creia em si mesma e o mundo será seu =)
Linda a imagem de tela do seu blog! Só recomendaria colocar um player para a música, caso a pessoa queira pausar. Ela às vezes lesa o computador, embora seja linda :(
Já estou seguindo aqui!

Beijinhos,
Ana - Na Parede do Quarto

Gabi Dutra disse...

Nossa como você me conhece bem.
Estamos conectadas querida.

Disse muito de mim nessa postagem!!
Beiijos :D

Vanessa_Oliveira disse...

Que coisa mais linda este texto.
^^
fiquei encantada, com a leveza e a força dele.
^^ senti com todo o coração
Bjim***

Tataah disse...

Nossaaa.. lindo o texto, vs esta de parabéèns.. *-*
Dá uma passadinha lá, vc vai adoraar!!!
http://echidellanima.blogspot.com/
Beeijos *-*

Letícia disse...

Que lindoo! .-.
Tenha uma ótima semana! ;*

Maíra Cintra disse...

Obrigada a todos!
Tenham todos um ótimo resto de semana!!
Beijos

Marina Cintra disse...

Belo texto.
A cada dia vc me surpreende mais!

Gislaine disse...

Posso dizer que me vi um pouco dentro deste texto!
Perfeito!

Micheli disse...

Linda prece para Deus!
Texto leve e gostoso de se ler!
Parabéns