Ainda não sei quem eu sou

Vivo da forma mais simples que eu posso e não pretendo muito mais que isso. Sou extremamente crítica, falo o que não acho certo e só faço o que me convém. Sou curiosa mas acredito no que penso. Não abro mão dos meus princípios, mesmo assim sou desconfiada ao extremo, mas não tenho o menor compromisso com a realidade, busco é a verdade que ela esconde. E pode ter certeza que aprendi o bastante para saber que coisas bonitas nem sempre permanecem assim. Com problemas na cabeça, sorriso no rosto, paz no coração, sou um pouco do que meus amigos me ensinaram a ser e um pouco do que meus inimigos me fizeram aprender. Para mim se te falta caráter, humildade e sinceridade, simplesmente te falta tudo. Ser autêntico é a melhor forma de agradar, mas não vivo em função disso porque a maioria das pessoas nunca reconhecem, elas preferem enxergar seu pior lado antes mesmo de olharem para si próprias. A verdade é que as pessoas falam de tudo e todos o tempo todo, mas nunca foram capazes de sentir o que o outro sente, se sentissem não falariam. Mas mesmo assim ainda vivo, definitivamente ainda não sei quem eu sou.

Maíra Cintra

6 comentários:

Lu disse...

Olá
muito obriga por visitar meu blog, por comentar e seguir. Espero vel-la por lá mais vezes.
Adorei seu texto e indentifiquei muito, até pq sempre digo que o meu pior defeito, se é que posso classificar, é que só faço aquilo que quero, ruim que quando não quero, não faço e muitas vezes me ferro...
Mas, é assim mesmo.

Voltarei aqui mais vezes, quem sabe até seguirei.

Beijos e boa sorte no blog.

Sil.. disse...

LINDOOOOOOOO isso, Maira.

Lindo, lindo. Dispensa comentários.

Um abração, menina flor!

Guilherme disse...

:)

Ju Fuzetto disse...

O sorriso continua espalhando esperança nos olhos de quem ainda pode sentir.


Lindo demais flor!!

beijos

mais amor, por favor. disse...

Adoreeeeeeeeeeeeeei!

Maíra disse...

Obrigada meninas!
Amei todos os comentários!
Bjos